Toxina botulínica (botox)

Você sabia que a aplicação da Toxina botulínica tem sido o procedimento estético número 1 realizado pelos cirurgiões plásticos, desde 1999? Este dado é referente ao Banco Nacional de Dados Estatísticos em Cirurgia Plástica, levantamento realizado pela American Society for Aesthetic Plastic Surgery (ASAPS).

Isso porque, além de ser um tratamento seguro, os benefícios da toxina botulínica são variados e abrangem um público muito amplo.

O que é toxina botulínica?

Também chamada popularmente de botox, a toxina botulínica nada mais é do que uma substância produzida pela bactéria Clostridium botulinum, que também provoca o botulismo.

 

A toxina é purificada e utilizada com o objetivo de evitar a contração muscular, provocando o relaxamento da região e reduzindo assim rugas e linhas de expressão provocadas pelo envelhecimento natural da pele ou pela ativação frequente da área.

 

Ao ser aplicada, a toxina botulínica impede a liberação de uma substância chamada acetilcolina pelo neurônio, em um mecanismo muito similar ao ato de colocar uma fita isolando parte de um fio elétrico. Com isso, a contração dos músculos é bloqueada, o que impede a formação de rugas.

pexels-cottonbro-7581578.jpg